PDCA

Algumas pessoas pedem para eu falar sobre o processo de autoconhecimento de uma forma mais prática. E, como eu sei que vocês amam uma ferramenta, resolvi gravar esse vídeo para compartilhar uma ferramenta de autoconhecimento e autodesenvolvimento com vocês. Chamada PDCA.

PDCA é uma ferramenta que pode já ser conhecida por algumas de vocês. Ela é bem comum no universo de gerenciamento de projetos. O que não é muito comum é quando aplicamos essa ferramenta nas nossas vidas pessoais. Ela é uma ferramenta de gestão usada para controle e melhoria de processos. Ela funciona na forma de um ciclo com 4 etapas.

Fases do PDCA

As etapas do PDCA são:

  • O P é de planejar;
  • O D é de “do”, fazer;
  • O C é de checar;
  • O A de ajustar.

Por ser um ciclo, é algo que vai se repetindo. Então, começamos pelo P, passando pelo D, pelo C, chegando no A e aí voltando para o P. E por aí vai.

É uma ferramenta muito usada por empresas para o processo de melhoria contínua, mas que é perfeitamente possível de ser usada nas nossas vidas como uma ferramenta de  autoconhecimento e autodesenvolvimento. Ou de melhoria contínua para nós mesmas.

O que exatamente quer dizer cada uma dessas fases?

A primeira é o planejamento. Então, é entender o que exatamente queremos atingir, quais são os objetivos e resultados que esperamos. E como faremos isso.

Feito isso, vamos para o D, para a ação. Então é colocar em prática o que planejamos.

Depois de agir, é preciso checar. Comparamos os resultados que tivemos durante a execução com aqueles que havíamos planejado.

E, por fim, ajustamos. Com base nas informações coletadas na fase anterior, entendemos quais mudanças devemos fazer.

Com isso, voltamos para a fase inicial, mas de uma forma diferente. Fazemos um novo planejamento, mas dessa vez incluindo as informações e insights que tivemos ao longo do caminho.

Está confuso ou eu consegui explicar bem?

Se quiser ver isso aplicado em um exemplo prático, basta assistir o vídeo!

Ela pode ser aplicado em qualquer coisa na sua vida que você queira melhorar de forma prática.

Eu acho que esse método ajuda a gente a ter mais clareza em relação a pontos que queremos desenvolver na nossa vida e estrutura como podemos desenvolver.

Inclusive dos momentos em que não somos capazes de resolver alguma questão sozinhas e precisamos de ajuda. Seja de terapia ou então de ajuda de outras pessoas e profissionais.

E aí? O que achou dessa ferramenta. Será que ela vai te ajudar? Comenta aqui para eu saber!

Beijos e até o próximo vídeo.

PDCA, uma ferramenta de autodesenvolvimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *